Casa Rosada: política com tom poético

A casa Rosada, localizada em Buenos Aires, na Argentina, é a sede presidencial da República do país. Seu nome deu-se pela cor do palácio e em seu interior também há o Museu da Casa do Governo, com muitos materiais a respeito dos presidentes que trabalharam pelo país. 

 

Considerada como um patrimônio histórico cultural, a Casa Rosada é aberta ao público e o mais atrativo é que é um passeio gratuito e de grande importância para o entendimento político dos argentinos e também dos turistas. 

História da Casa Rosada

Inicialmente, a Casa Rosada localizava-se no Rio da Prata construída para ser a casa do Don Juan Baltazar da Áustria, porém, depois de muitas construções, reformas e demolições, a estrutura da casa de hoje foi realizada somente na segunda metade do século XIX. 

A casa foi arquitetada por Francisco Tamburini e é reconhecida pelos seus quadros em todo seu interior de quatro andares. Segundo alguns rumores, a cor da casa dá-se através de uma mistura entre duas cores, vermelho e branco, com a intenção de amenizar os conflitos entre dois partidos da década. 

O ponto mais importante que torna o lugar bastante famoso e interessante é o fato de o lugar ter presenciado inúmeros discursos políticos ali na varanda do prédio, além disso, muitas manifestações artísticas aconteceram no local compondo sua política com tom bastante poético. 

No prédio encontram-se todas as histórias políticas do país, porém, destaca-se a carreira de Juan Perón e de sua mulher, Eva Perón, atriz e líder política, que foi bastante importante para o país e para o povo argentino. 

A aproximação de Juan com as classes trabalhadoras o tornou tão famoso quanto sua mulher, e afirmação de que ambos eram amados pelo povo foi quando muitos trabalhadores foram às ruas, manifestando-se contra a prisão de Juan Perón que havia sido preso por opositores militares. 

Esse caso, em específico, é bastante interessante, principalmente para ativistas políticos, pois, além de Juan Perón ter sido presidente do país, sua mulher estava sempre ao seu lado trabalhando politicamente também e acrescentando positivamente ao mandato. 

O trabalho de ambos é poético e encantador à medida que trabalharam e lutaram juntos, lado a lado com o povo trabalhador contra forças opositoras, e isso tudo é mostrado na Casa Rosada.

Como é a visitação na Casa Rosada

Para visitar a Casa Rosada, você pode fazer sua reserva com a Real Turismo, com todo o atendimento em português. É necessário fazer um agendamento de visita guiada com quinze dias de antecedência e as visitas acontecem somente aos sábados. 

O passeio acontece com um guia turístico do local e dura uma hora, porém, é necessário chegar com antecedência na Casa Rosada e estar com o RG em mãos e também com o comprovante de que o agendamento da visita foi realizado. 

Se você pretende viajar para a Argentina e visitar as belezas de Buenos Aires, não deixe de ler outros textos sobre a capital do país e, principalmente, os motivos de ser conhecida como a Paris da América. 

Além disso, muitas outras informações e dicas sobre a cidade podem ser encontradas no site da Real Turismo, que conta com uma equipe especializada em turismo em Buenos Aires. 

Para isso, acesse o site, entre em contato pelo e-mail contato@realturismoba.com ou então, pelo número de contato da equipe (47) 98803-7122.

No Comments

Post A Comment